quinta-feira, 4 de maio de 2017

Escritor/personalidade do mês de maio

Hermann Hesse
Herman Karl Hesse (Calw, 2 de julho de 1877  Montagnola, 9 de agosto de 1962) foi um escritor e pintor alemão, que em 1923 se naturalizou suíço. Em 1946 recebeu o Prêmio Goethe e, passados alguns meses, o Nobel de Literatura "por seus escritos inspirados que, enquanto crescem em audácia e penetração, exemplificam os ideais humanitários clássicos e as altas qualidades de estilo".
Biografia

Nascido no seio de uma família muito religiosa, filho de pais missionários protestantes (pietistas, como é típico da Suábia) que pregaram o cristianismo na Índia. Estudou no seminário de Maulbron, mas não seguiu a carreira de pastor como era a vontade de seus pais. Tendo recusado a religião, ainda adolescente, rompeu com a família e emigrou para a Suíça em 1912, trabalhando como livreiro e operário. Acumula, então, uma sólida cultura autodidata e resolve dedicar-se à literatura. Travou contacto com a espiritualidade oriental a partir de uma viagem à Índia em 1911 e com a psicologia analítica por meio de um discípulo de Carl Gustav Jung, em decorrência de uma crise emocional causada pela eclosão da Primeira Guerra Mundial. Estas duas influências seriam decisivas no posterior desenvolvimento da sua obra. Em 1946 recebeu o Prêmio Goethe e, passados alguns meses, o Nobel de Literatura "por seus escritos inspirados que, enquanto crescem em audácia e penetração, exemplificam os ideais humanitários clássicos e as altas qualidades de estilo". Faleceu em 09 de Agosto de 1962 e foi sepultado no cemitério de San Abbondio em Montagnola, perto de Lugano, onde Hugo Ball também foi enterrado.

Obra

·         1898 Canções românticas
·         1899 Eine Stunde hinter Mitternacht
·         1903 Peter Camenzind, romance
·         1904 Bocaccio, biografia
·         1904 Francisco de Assis, biografia
·         1905 Debaixo das rodas (Unterm Rad), romance
·         1907 Diesseits, cinco contos
·         1908 Nachbarn, cinco contos
·         1910 Gertrud, romance
·         1911 Unterwegs, poesias
·         1912 Umwege, contos
·         1913 Aus Indien
·         1914 Rosshalde
·         1915 Musik des Einsamen, poesias
·         1915 Knulp, romance1917 Demian, romance
·         1920 Blick ins Chaos, Aufsätze
·         1920 O Último Verão de Klingsor (no originalKlingsors letzter Sommer)
·         1922 Sidarta (romance) (Siddhartha), romance
·         1923 Trost der Nacht, poesias
·         1927 O Lobo da Estepe  ou O Lobo das Estepes  (Der Steppenwolf), romance
·         1928 Betrachtungen
·         1928 Krisis, diário
·         1930 Narciso e Goldmund, (no original Narziss und Goldmund), romance
·         1931 Weg nach Innen, quatro contos
·         1937 Neue Gedichte
·         Correspondência com Romain Rolland
·         1943 O Jogo das Contas de Vidro, romance
·         1946 Dank an Goethe
·         1946 Der Europäer, considerações
·         1946 Sobre a guerra e a paz
·         1952 1957 Obras Compiladas, 7 volumes
·         Contos
·         Este lado da vida, romance
·         O livro das fábulas, romance
·         Pequeno mundo
·         1955 Beschwörungen, prosa tardia
·         1958 Viagem ao Oriente (no original Die Morgenlandfahrt), romance
·         O homem de muitos livros

Sem comentários:

Enviar um comentário