quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Cientista da Semana




Heinrich Hertz
Físico alemão de origem judaica, nasceu em 1857, em Hamburgo, e morreu em 1894, em Bona. Foi o primeiro a radiodifundir e a receber ondas de rádio.
Especializou-se no estudo dos fenómenos elétricos e investigou a relação existente entre a luz e a eletricidade e a produção de ondas etéricas longas. Descobriu o efeito fotoelétrico em 1887 quando percebeu que a luz ultravioleta ao incidir num elétrodo facilitava a descarga produzida. Foi o primeiro a produzir e estudar as ondas eletromagnéticas (1888), tendo o seu nome sido dado à unidade de frequência. Através de engenhosos dispositivos produziu vibrações elétricas mais intensas que as conseguidas até então, demonstrando que estas se propagam como ondas eletromagnéticas. As ondas produzidas por Hertz eram de comprimento de onda dos 5 metros. Os escritos científicos de Hertz foram publicados em três volumes: Electric Waves (1893), Miscellaneous Papers (1896) e Principles of Mechanics (1899).

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Sessão de Leitura e Experimentação

No passado dia 25 e 26 de Janeiro foram realizadas 2 sessões de leitura e experimentação integradas no âmbito do projecto Ciência em Linha que está a decorrer na Bibioteca. Nestas duas sessões participaram os alunos do 1.º e 2.º ano juntamente com as respetivas professoras. Foi contada a história "Uns óculos para a Rita" da autora Luísa Ducla Soares e foram realizadas algumas demonstrações sobre o que é a luz, a propagação da luz e o funcionamento de alguns intrumentos que utilizam a luz tais como as lentes, espelhos, microscópios, lupas, etc.
O dinamizador do projeto Ciência em Linha quer agradecer a todos os que participaram nesta atividade.
Venham conhecer a ciência presente na Biblioteca.
Boas Leituras!

video

Cientista da Semana

Thomas Edison

Inventor norte-americano (1847-1931), registou mais de 1000 patentes na área da tecnologia, incluindo a lâmpada elétrica incandescente, o fonógrafo e o aparelho de projeção.
Apenas com doze anos de idade, começou a vender jornais durante viagens de comboio. Depois, num vagão que lhe foi cedido, montou uma prensa de impressão e fundou o jornal Weekly Herald que redigia, imprimia e vendia durante as viagens. Nos tempos livres, dedicava-se ao estudo de física, mecânica e química e fazia experiências no vagão. No decorrer de uma experiência pegou fogo ao vagão, sendo obrigado a mudar de emprego. Foi então trabalhar para um posto de telégrafo, emprego que ocupou até à Guerra Civil (1861-1865). Aos 17 anos de idade registou a primeira patente - um telégrafo duplo. Ao aperceber-se da necessidade de comunicações rápidas, durante a guerra, dedicou-se às invenções neste campo. Tornou-se rico e famoso, criando o primeiro centro de investigação fora da Universidade. A sua descoberta, denominada "efeito de Edison", fenómeno que consiste na emissão de eletrões por metais incandescentes, está na base da lâmpada de díodo. Edison desempenhou um papel fundamental nos campos das comunicações e da eletricidade.
Thomas Edison. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-02-09].

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

LIVRO DO MÊS DE FEVEREIRO


As Raparigas da Villa

Nicky Pellegrino

Sinopse

Quatro amigas.

Um pacto.

Umas férias que mudarão

As suas vidas para sempre…

Rosie, Addolotara, Toni e Lou: onde quer que estejam, estas quatro amigas cumprem sempre o pacto que fizeram ainda colegas de escola. Apesar de terem seguido rumos diferentes, todos os anos se reúnem para passar férias num destino paradisíaco.

Entre confissões, romances e pura evasão, os lânguidos dias passados ao sol em encantadoras villas são-lhes imprescindíveis.

Lou é insegura e debate-se permanentemente com os seus sonhos e expectativas. A inconveniente Toni encontrou no jornalismo uma carreira à sua medida mas as suas escolhas pessoais parecem ser uma eterna fonte de problemas. Como boa filha de italianos, a extrovertida Addolotara gosta de partilhar o seu amor pela vida. Será ela a salvar Rosie da solidão em que vivia desde a morte dos pais e a incluí-la neste grupo de amigas. Inesperadamente, será a tímida Rosie quem vai ver o seu futuro mudar masi radicalmente graças ao pacto…

e a um sensual italiano chamado Enzo.

“Para ler no sofá

com um bom copo de vinho

e um delicioso prato de pasta.”

Sky News

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Sugestão de Leitura - Ciência em Linha

Este mês sugerimos um livro sobre metereologia e sobre os fenómenos metereológicos. Esperemos que gostem! Boas leituras.


Primeiro Constrói-se Uma Nuvem
Autor: K. C. Cole
Colecção: Aprender / Fazer Ciência
Páginas: 236
Ano de edição: 2002
ISBN: 978-972-662-830-9



Embora a física seja desde há muito algo misterioso e complexo, K. C. Cole transforma-a em filosofia e poesia.

Cole conduz-nos numa viagem ao mundo das maravilhas da física, partilhando connosco as suas conversas com mentes científicas lendárias como Richard Feynman, os irmãos Oppenheimer, Victor Weisskopf e Philip Morrison.

«Cole é maravilhosamente hábil no uso de analogias para nos ajudar a visualizar conceitos científicos.»SAN FRANCISCO CHRONICLE & EXAMINER

«O livro de K. C. Cole pode transformar os preconceitos e os receios de muitas pessoas relativamente à física [...] Este livro oferece uma reveladora visão, para uma vasta audiência, das relações entre a física enquanto ciência e o mundo físico que conhecemos e experimentamos [...] Vivaz e atractivo.» BOOKLIST

«Os leigos lerão este livro fascinante com emoções não muito diferentes das sentidas pelo europeus do Renascimento quando escutavam, espantados, os relatos dos viajantes de cenas exóticas e aventuras selvagens em estranhos continentes. O entusiasmo de K. C. Cole pelas grandes teorias da física moderna - a sua beleza, poder, profundidade filosófica e, é verdade,
relevância para a vida moderna - é irresistível.»MARTIN GARDNER, AUTOR DE THE WHYS OF A PHILOSOPHICAL SCRIVENER

«K. C. Cole mostra como as ideias da ciência podem desdobrar-se e oferecer-nos milhares de formas de reconhecer o esplendor do nosso mundo quotidiano.»DOUGLAS HOFSTADTER, autor de Gödel, Escher e Bach - Laços Eternos

K. C. COLE, escritora científica do Los Angeles Time, é autora do bestseller The Universe and the Tea Cup e foi galardoada com o prémio do Instituto Americano de Física para o melhor artigo científico de 1995.

Vive em Santa Mónica, Califórnia.

Cientista da Semana


Dimitri Ivanovich Mendeleiev

Químico soviético, Dimitri Ivanovich Mendeleiev nasceu em 1834, em Tobolsk, na Sibéria e faleceu em 1907. Era o décimo quarto filho de um maestro e a família vivia com dificuldades. Quando o seu pai cegou, a mãe sustentou a família, trabalhando numa fábrica de vidro. Em 1848, viajou com a sua mãe até Moscovo, a milhares de quilómetros, para poder ingressar na Universidade. Contudo, naquele tempo, o acesso à Universidade era negado aos siberianos. Em 1850, chega a São Petersburgo levado pela crença da mãe no seu valor. Consegue ser admitido num colégio de formação de maestros. Em 1859, muda-se para Heidelberg onde, durante dois anos, trabalha e desenvolve as suas próprias ideias. Sobrevive aceitando variados cargos de professor. Em 1867, foi nomeado professor na Universidade de São Petersburgo, onde lecionou até à sua renúncia em 1890, por contestação às suas ideias políticas demasiado liberais. No entanto, o seu valor como químico já era incontestável.
Em 1869 publicou a sua primeira Tabela Periódica dos Elementos Químicos, mas o seu trabalho não recebeu crédito antes de 1875. Hoje em dia, o seu trabalho continua a ser a base da Tabela Periódica e, embora possa ter sido melhorado, não foi invalidado.

Mendeleiev. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-02-02].

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O CURSO DE ALFABETIZAÇÂO DE ADULTOS VISITOU A BIBLIOTECA


As alunas do curso de Alfabetização de Adultos, acompanhadas pela professora Celeste, visitaram a Biblioteca de Barrancos, na qual fizeram a sua inscrição.
Após terem contactado com alguns livros e revistas, fizeram a requisição dos mesmos, e a visita terminou com a promessa de se tornarem frequentadoras deste espaço.